Contactos

Bi-campeões mundiais P. Eclectus

Campeões mundiais P. Cinzentos

Campeões mundiais P. Oratrix

Vice-Campeões mundiais Catatuas

Medalha Bronze P. Aestiva

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
(00351) 962 868 426
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

(00351) 965 062 528

 

DADOS CRIADOR:

Nº CRIADOR ICNB: 12PT0077/B

STAM: 500L

 

DADOS BANCÁRIOS - BANCO BIC

IBAN: PT50007900005975387810145

SWIFT: BPNPPTPL

Segue-nos

  

Outras Aves

Turacos Face Branca
As duas subespécies distinguem-se pela cor da crista, que pode ser negra ou vermelha. A base do bico e a região lateral do pescoço têm coloração branca. A plumagem é esverdeada, exceto a extremidade das asas, que é escarlate. O bico e a zona em torno dos olhos destacam-se pela cor vermelha/alaranjada.
Espécie sedentária e territorial. Ambos os elementos do casal defendem o território. Alimenta-se sobretudo de frutos e bagas. E vive sobretudo na copa das árvores, raramente descendo ao solo.
Espécie monogâmica. Tal como noutras espécies de turaco, o ninho é escondido na folhagem densa e construído com raminhos. Ambos os elementos do casal incubam os ovos e cuidam das crias nos primeiros tempos de vida. Os juvenis começam a voar perto dos 26 dias de idade.

 

Pavões Azuis e Spalding

O pavão azul, também é conhecido por pavão-comum. O pavão Spanding foi obtido através do cruzament do Pavão Azul e o pavão Verde de Java, sendo uma espécie não muito fácil de encontrar.

 

Trata-se de ave nativa do subcontinente indiano, sendo a ave nacional da Índia.
Pode ser encontrada em pradarias secas semi-desérticas, matagais e florestas perenifólias. Apesar de se alimentar e nidificar no solo, dormem no topo das árvores. A sua alimentação é constituída essencialmente por sementes intercaladas, ocasionalmente, por alguns insetos, frutos e répteis.

 

Patos Carolino

O pato carolino é uma espécie de pato anatídeo. Natural da América do Norte, em particular das zonas pantanosas da costa este dos Estados Unidos da América, a espécie foi introduzida na Europa como animal ornamental de jardins. Alimenta-se de plantas, grãos, bolotas, nozes, sementes, insectos e pequenos invertebrados.

Spalding foi obtido através do cruzamento do pavão Azul e o pavão Verde de Java

241006
Portuguese English French German Italian Spanish